Blog

Linha do Douro: 3 Estações de Comboio que são autênticas obras de arte

voltar

Encontramos as 3 mais belas Estações do Douro… Descubra mais!

João Ribeiro

João Ribeiro

Email

A paisagem natural da Região do Douro é simplesmente deslumbrante e está recheada de múltiplos encantos que deliciam todos os seus visitantes. O Vale do Douro brinda-nos com a sua vinha, onde nasce o famoso Vinho do Porto tão característico desta região e amplamente reconhecido pelos quatro cantos do mundo.

Mas a Região do Douro é muito mais que o seu Vinho. Este vale encantado tem sido cada vez mais procurado por turistas internacionais que procuram uma experiência que se prevê extraordinária. E, de comboio, encontramos a Linha do Douro, que é sem dúvida uma das mais bonitas de Portugal e que pode ser apreciada em todo o seu esplendor.

As maravilhosas paisagens do Douro são famosas pelas Quintas e vinhasAs maravilhosas paisagens do Douro são famosas pelas Quintas e vinhas
A Linha do Douro permite viver todo o esplendor da regiãoA Linha do Douro permite viver todo o esplendor da região

Se uma viagem realizada maioritariamente à beira rio e com vista para uma das mais belas paisagens protegidas pela UNESCO já é incrível, aliamos a beleza arquitetónica e estética das estações que a compõem – podendo mesmo ser consideradas verdadeiras obras de arte – e temos a sugestão verdadeiramente perfeita!


A Estação Ferroviária do Pinhão

A Estação Ferroviária do Pinhão é, sem dúvida, uma das principais atrações quando se fala destas obras de arte. Foi construída no século XIX, recebendo os seus primeiros comboios e passageiros em 1880, facto que intrinsecamente contribuiu para a expansão desta pequena povoação.

E o seu reconhecimento mundial está presente nos característicos azulejos, que são representativos da produção de vinho do Porto em todo o seu processo. É possível observar com detalhe cada momento desta Tradição, desde as Vindimas, passando pelo tradicional pisar das uvas e lagares e posterior transporte em Barcos Rabelos até Vila Nova de Gaia.

A Estação do Pinhão é uma das mais emblemáticas estações de PortugalA Estação do Pinhão é uma das mais emblemáticas estações de Portugal
Poderá conhecer melhor a Estação do Pinhão viajando na Linha do DouroPoderá conhecer melhor a Estação do Pinhão viajando na Linha do Douro

Aqui, é difícil não sentir a História: vislumbrar estes azulejos é como dar um saltinho ao passado e descobrir momentos que já não estão tão presentes na Região do Douro. Para não perder este local histórico, pode embarcar na viagem de comboio da Linha do Douro, ou através de uma viagem de barco por um dos vários cruzeiros do Douro que temos à sua disposição.

Um dos passeios de barco que sugerimos é o Cruzeiro Régua-Pinhão-Régua, uma sublime viagem de meio dia até ao coração do Douro. Aquando da chegada ao Cais do Pinhão, o nosso guia acompanha o grupo até à Estação, local onde os viajantes poderão usufruir de uma breve apresentação e explicação sobre esta verdadeira obra-prima, saboreando uma tradicional Pastel de Nata e um cálice de Vinho do Porto.

Os seus emblemáticos painéis de azulejos contam a tradição da produção do Vinho do PortoOs seus emblemáticos painéis de azulejos contam a tradição da produção do Vinho do Porto
Uma região com tradição onde poderá descobrir os segredos do DouroUma região com tradição onde poderá descobrir os segredos do Douro

E como pretendemos guiá-lo pelos encantos da Linha do Douro, voltemos aos caminhos-de-ferros e às mais belas obras de arte que encontramos neste percurso. E se a Estação do Pinhão é um ponto de interesse a não perder, a Estação de Barca D’Alva não lhe fica nada atrás.


A Estação Ferroviária de Barca d’Alva

A Estação Ferroviária de Barca D’Alva merece o nosso destaque pela imponência e amplitude da construção que, ainda hoje, se consegue observar. Esta estação nasceu para reforçar e concluir a Linha do Douro e, posteriormente, foi convertida em linha internacional, ligando o Vale do Douro até Salamanca, Paris e às restantes cidades europeias. A Estação Ferroviária de Barca D’Alva pertence à segunda categoria mais prestigiada: a classe das antigas estações fronteiriças.

Outrora uma imponente Estação Ferroviária internacionalOutrora uma imponente Estação Ferroviária internacional
A Estação de Barca d'Alva é agora uma estação fantasmaA Estação de Barca d'Alva é agora uma estação fantasma

Contudo, a Linha do Douro e a sua ligação internacional nunca chegaram a alcançar o nível de procura que se esperava, pelo que esta maravilhosa Estação foi desativada. Apesar de abandonada, permanece, contudo, todo o seu encantado, como se de uma fortaleza antiga se tratasse, a delimitar a fronteira de Portugal.


Estação Ferroviária do Tua

Por último, mas com uma importância irredutível, temos a Estação Ferroviária do Tua. Inaugurada no dia 1 de setembro de 1883, a beleza rural deste edifício mantém-se até aos dias de hoje e é vastamente apreciada pelos seus visitantes.

Foi o local de passagem de muitas carruagens da linha do Douro e, hoje em dia, é o destino final da única locomotiva a vapor em funcionamento no nosso país – diga-se que uma viagem neste Comboio Histórico é um autêntico e maravilhoso regresso ao passado. Nesta encantadora Estação da região do Douro é possível descobrir uma antiga locomotiva e a placa giratória utilizada para a inversão das máquinas a vapor. É, sem dúvida, uma obra de arte histórica que merece a nossa maior atenção.

Uma das mais antigas Estações Ferroviárias da Linha do DouroUma das mais antigas Estações Ferroviárias da Linha do Douro
A Estação do Tua é o destino final do maravilhoso Comboio Histórico do DouroA Estação do Tua é o destino final do maravilhoso Comboio Histórico do Douro

Seja de comboio, ou através de um dos Cruzeiros do Douro, a viagem pela beleza e paisagem natural será, sem dúvida, um momento para mais tarde recordar. Perca-se nos encantos do lindíssimo Vale do Douro, sem esquecer a degustação do tão famoso vinho do Porto!

João Ribeiro

João Ribeiro

Email