Blog

As melhores Miniférias de Verão: Bem-Vindos a bordo do Douro Encantado

voltar

Aliando Gastronomia, História e Cultura… haverá melhor para este Verão?

Catarine Martins

Catarine Martins

Email

Todas as estações do ano são boas para visitar o belíssimo Vale do Douro. Mas, o verão na região duriense, pincelado a azul e verde com quadros naturais de cortar a respiração, é particularmente encantador. Isto porque, para além do calor convidar a passeios, há uma certa magia nos dias que, longos, se estendem por entre as vinhas e os socalcos resultantes da comunhão entre o Homem e a Natureza.

Assim, aproveite os dias estivais para fazer umas miniférias inesquecíveis no Douro. O que lhe sugerimos é um magnífico Cruzeiro de 3 dias na região duriense, com tudo incluído, desde as refeições à alegria. Mas, o que torna este Douro Encantado um cruzeiro tão especial e merecedor dos mais rasgados elogias por parte dos nossos clientes? Continue a ler e embarque connosco nesta aventura. Garantimos-lhe que não se arrependerá!

Um cruzeiro para desfrutar de magníficas paisagens

No primeiro dia, o Cruzeiro que parte do Cais de Gaia leva-nos até à Régua, capital da região demarcada do Douro Vinhateiro. Para além do título, a cidade tem algumas das mais belas paisagens sobre o Douro. Durante este passeio de barco terá o privilégio de usufruir de algumas delas, apenas acessíveis e mais enigmaticamente belas vistas do Rio Douro. Aproveite este trajeto não só para se deliciar com o quadro natural de grandiosa beleza, mas também para respirar o ar puro da região. É impossível não se sentir feliz ao navegar pelas águas do Douro. Grave estes momentos, tire as suas fotografias ou selfies e, depois, partilhar com os seus amigos!

Do Cais de Gaia é possível observar as margens mais icónicas do DouroDo Cais de Gaia é possível observar as margens mais icónicas do Douro
São estas as primeiras paisagens do cruzeiro Douro EncantadoSão estas as primeiras paisagens do cruzeiro Douro Encantado

Chegados à Régua, visitaremos uma das mais famosas Quintas da região, com prova de vinhos incluída. Aqui iremos conseguir aprender um pouco mais sobre a História do Douro e a história dos vinhos aqui produzidos, bem como entender o (ainda) processo tradicional e um pouco arcaico de produção dos mais deliciosos néctares. Seguimos para um Hotel de charme da Região, com jantar incluído.

Da História à Cultura do Douro

O segundo dia começa, como não poderia deixar de ser, com um delicioso pequeno almoço no hotel. Segue-se uma visita guiada à cidade de Lamego, na qual a companhia de um guia não só lhe permitirá saber tudo sobre a cidade, como também viver bons momentos de convívio.

A cidade de Lamego é muito antiga datando, imagine, do tempo dos romanos. Foi reconquistada aos mouros em 1057 por Fernão Magno de Leão e guarda importantes monumentos, como o Santuário de Nossa Senhora dos Remédios, considerado Imóvel de Interesse Público desde 1984. Estando em Lamego, irá apreciar alguns dos locais mais emblemáticos da cidade e até pode descer toda a imponente e famosa escadaria do célebre Santuário (atreve-se a descer os quase 700 degraus?). Para além disso, não poderia faltar, claro, a prova dos “Segredos de Lamego”, com iguarias típicas e vinhos. Vai abrir-lhe o apetite e saciar a fome (por enquanto), provando assim a Gastronomia mais típica da região.

A Régua é a primeira paragem destes 3 dias encantadoresA Régua é a primeira paragem destes 3 dias encantadores
Em Lamego vamos descobrir um dos Santuários mais belos de PortugalEm Lamego vamos descobrir um dos Santuários mais belos de Portugal

Seguimos, depois, viagem para Ucanha, uma encantadora aldeia vinhateira onde observaremos os seus imperiosos vestígios dos tempos áureos e onde será servido um almoço tradicional num restaurante bem típico. Aproveite para saborear as deliciosas iguarias durienses sem pressa. E depois desta saborosa refeição, o nosso roteiro continua até ao Mosteiro de São João de Tarouca, o primeiro mosteiro masculino cisterciense de que há memória em Portugal.

Depois de um dia recheado de cultura e beleza histórica e gastronómica, tempo ainda para jantar noutro restaurante tradicional da região, para continuar a apreciar os bons sabores típicos da região. Incrível, não acham?

Culminando com as melhores experiências durienses

No terceiro dia da viagem continuamos em busca das experiências mais típicas do Douro. Após um farto e delicioso pequeno-almoço, a manhã começa com um magnifico Cruzeiro no Douro.  Com embarque no Cais do Pinhão, navegamos num belíssimo Barco Rabelo até Romaneira, num percurso de 1 hora. Este percurso só é visível a partir de barco, uma vez que é um troço inacessível por estradas nacionais. Por isso, desfrute da paisagem – o bom tempo do Verão assim o permite – e não se esqueça de fotografá-la para mais tarde recordar. Acomode-se nos pequenos sofás colocados na proa do barco ou sente-se nos bancos de madeira no interior da embarcação, coloque o seu áudio-guia a postos e, simplesmente, relaxe!

Pelo caminho irá ainda provar algumas das iguarias durienses mais típicasPelo caminho irá ainda provar algumas das iguarias durienses mais típicas
No último dia espera-nos um cruzeiro em típico barco rabeloNo último dia espera-nos um cruzeiro em típico barco rabelo

Depois do desembarque, segue-se aquilo que não poderia faltar para umas miniférias perfeitas nesta região do país: uma visita a uma das mais emblemáticas Quintas do Douro Vinhateiro. Deixe-se encantar pelos seus magistrais jardins, nos quais a vista é absolutamente arrebatadora, e deixe-se conquistar pelo vinho Moscatel, um néctar dos Deuses também produzido na Quinta. Esta é uma excelente altura para saber mais sobre toda a produção vinícola da região duriense, uma vez que esta prova é assistida pelos melhores enólogos da Quinta, partilhando curiosidades que, provavelmente, ainda não saberá.

E se acha que este passeio não poderia ficar melhor, engana-se redondamente. O almoço servido é confecionado em potes de ferro para que possa experimentar os verdadeiros sabores durienses, numa refeição autenticamente tradicional. Desfrute sem pressa e deixe-se contagiar pela alegria vivida à mesa.

Como tudo o que é bom acaba rápido, está na altura de regressar ao Porto. Na memória levará não só a recordação da paisagem inesquecível, mas também dos bons momentos de convívio, dos monumentos, da Gastronomia e de toda a riqueza que existe na região do Douro. Vão ser, com toda a certeza, as melhores miniférias deste verão.

E estas mini-férias não ficariam completas sem uma visita a uma das quintas mais famosas da regiãoE estas mini-férias não ficariam completas sem uma visita a uma das quintas mais famosas da região
Neste último almoço, poderá ainda provar uma típica refeição duriense, confeccionada como antigamenteNeste último almoço, poderá ainda provar uma típica refeição duriense, confeccionada como antigamente

Não se esqueça de levar a máquina fotográfica para poder recordar tudo ainda melhor. Boas férias e lembre-se: reserve o seu lugar antes que esgote!

Catarine Martins

Catarine Martins

Email
Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao visitar o site está a consentir a sua utilização.
Conheça as nossas Políticas de Privacidade e Cookies aqui