Blog

Quem Já Tem Saudades de Um Bom São Martinho?

voltar

O outono trás uma das melhores Tradições portuguesas: o Magusto de São Martinho!

Catarine Martins

Catarine Martins

Email

Com o outono chega uma das maiores festas sazonais celebradas no nosso país: O São Martinho. E, como diz o ditado “no dia de São Martinho, come-se castanhas e bebe-se vinho”. Ou seja, esta é uma altura para comemorar ao sabor de castanhas, água-pé e jeropiga.

E, toda esta celebração do Magusto fica bem melhor tiver como pano de fundo o belíssimo Douro, com as suas paisagens de cortar a respiração, não concorda? Por isso, hoje contamos-lhe tudo o que precisa de saber sobre a lenda de São Martinho e sugerimos-lhe um programa de magusto incrível, a bordo de um Cruzeiro do Douro. Venha daí e prepare-se para um São Martinho absolutamente inesquecível!


À Descoberta da Lenda de São Martinho

Reza a lenda que, num desses dias de inverno chuvosos e frios, Martinho seguia a cavalo quando viu um mendigo. E, ao ver o indigente a tremer de frio e não tendo nada para lhe oferecer, cortou o seu manto ao meio com a espada e ofereceu uma parte ao pedinte, cobrindo-o. Ao seguir caminho, encontrou outro pedinte e ofereceu-lhe o que restava do seu manto para que se protegesse do frio.

Castanhas assadas - a iguaria típica das festas de São MartinhoCastanhas assadas - a iguaria típica das festas de São Martinho
De acordo com a tradição, é servido um copo de jeropiga com as deliciosas castanhasDe acordo com a tradição, é servido um copo de jeropiga com as deliciosas castanhas

Martinho seguiu viagem, sem nada que o abrigasse e, foi nesse momento, que a chuva cessou e as nuvens negras deram lugar a um sol esplendoroso que durou três dias.

Dizem que, na noite seguinte, Martinho viu Cristo e os anjos num sonho. E que Cristo se voltou para os anjos e disse: “Martinho catecúmeno (não batizado) cobriu-me com esta veste”.

Lendas à parte, São Martinho (também conhecido como Martinho de Tours) nasceu no ano de 316 naquela que é, atualmente, uma província pertencente à Hungria. Filho de um comandante romano, foi em Pavia, Itália, que cresceu, sendo que a sua família era pagã. Uma vez que o pai era comandante, toda a sua educação foi no sentido de ingressar na carreira militar, tendo sido convocado para o exército romano quando tinha, apenas, 15 anos.

E foi na adolescência que Martinho conheceu o Cristianismo. Mas só quando deixou o exército, em 356, foi, então, batizado. Depois de ser discípulo do bispo de Poitiers, foi na Gália que ergueu aquele que é o mais antigo mosteiro conhecido na Europa, na região de Ligugé. Uma vez que Martinho conseguiu vários milagres, eram muitas as multidões que se juntavam para o ver e lhe fazer pedidos. Em 371 fundou o mosteiro de Marmoutier, onde viveu em reclusão. Faleceu a 8 de novembro de 397, em Candes, tendo sido sepultado em Tours a 11 de novembro.

As paisagens durienses de outono são perfeitas para desfrutar desta ocasiãoAs paisagens durienses de outono são perfeitas para desfrutar desta ocasião
Aprecie as suas castanhas com um bom vinho do douro a acompanharAprecie as suas castanhas com um bom vinho do douro a acompanhar

E, precisamente, na data da sua morte que se comemora o dia de São Martinho. Há muita gente que acredita, sobretudo em virtude da lenda, que na véspera e no próprio dia das comemorações o sol abre, estando sempre bom tempo, apesar de ser outono. Por isso, a data é conhecida por muitos como “o verão de São Martinho”.

Apesar de São Martinho estar diretamente ligado ao Cristianismo, hoje em dia a festa que lhe dá o nome ultrapassa a ligação religiosa e comemora-se um pouco por toda a Europa. Em Portugal, todos se reúnem, num alegre momento de convívio. Uma autêntica e velha Tradição que, orgulhosamente, continuamos a manter!


A Tradição de São Martinho em Portugal

No nosso país, a tradição no São Martinho manda celebrar a data com um (bom) Magusto, ao sabor de castanhas assadas (que, por serem um fruto da época, se juntam à festa), água-pé (uma bebida alcoólica tradicional portuguesa, que resulta da mistura de água com o bagaço da uva e aguardente e com a caraterística de possuir um baixo teor de álcool) e, claro, a doce jeropiga.

É habitual nesta altura provar-se também o novo vinho, o que ilustra o porquê do ditado popular “no dia de São Martinho, vai à adega e prova o vinho”. Ainda em muitas aldeias do interior do país se continua a manter este bom costume.

Em Portugal, assar as castanhas com sal é uma tradiçãoEm Portugal, assar as castanhas com sal é uma tradição
E o costume de as servir nos típicos cartuchos de jornal ainda se mantém vivoE o costume de as servir nos típicos cartuchos de jornal ainda se mantém vivo


Um Magusto de São Martinho Diferente no Douro

E, agora, chegámos à melhor parte! Se gosta de festejar o Magusto ou se, simplesmente, sente saudades de comemorar o Dia de São Martinho de forma bem tradicional (e, até, original), no dia 11 de novembro suba a bordo do nosso Cruzeiro Especial de São Martinho.

O ponto de encontro é o Cais de Vila Nova de Gaia e seguimos viagem Rio Douro acima, até à icónica Barragem de Crestuma-Lever. Trata-se de um magnífico cruzeiro para aproveitar da melhor forma a sua tarde de domingo, enquanto aprecia as inigualáveis paisagens da Região duriense.

A bordo, comemoramos o Dia São Martinho com um duo de concertinas e um Magusto com tudo a que se tem direito nesta Tradição: caldo verde, castanhas assadas, jeropiga e muita alegria. Não se esqueça do telemóvel porque, estamos certos, vai querer partilhar os momentos felizes a bordo nas suas redes sociais.

A bordo do nosso cruzeiro de São Martinho vai poder apreciar a mais bela paisagem da zona ribeirinha portuenseA bordo do nosso cruzeiro de São Martinho vai poder apreciar a mais bela paisagem da zona ribeirinha portuense
Tudo isto enquanto se delicia com as nossas fantásticas castanhas assadas!Tudo isto enquanto se delicia com as nossas fantásticas castanhas assadas!

A nossa sugestão é que reserve já o seu lugar… antes que esgote. Porque, a última coisa que vai querer, é ficar de fora, certo?

Venha connosco e desfrute de um São Martinho muito feliz!

Catarine Martins

Catarine Martins

Email
Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao visitar o site está a consentir a sua utilização.
Conheça as nossas Políticas de Privacidade e Cookies aqui