Blog

Pontes do Douro: Ponte D. Luís I

voltar

A Ponte Luís I é uma das mais emblemáticas estruturas que ligam as margens do Porto e Gaia. Conheça a sua história e curiosidades!

Helena Azevedo

Helena Azevedo

Email

A Ponte D. Luís I é a ponte mais icónica do Porto. É conhecida mundialmente pela sua forma anormal e, ao mesmo tempo, imponente e bela. Com o seu ferro rendilhado, é universalmente reconhecida como a ponte da cidade Invicta.

Esta é a ponte do Porto mais antiga em funcionamento. A sua construção foi iniciada em 1881. A estrutura, suportada por arcos de aço, tem dois tabuleiros rodoviários: o superior com cerca de 390 metros e o inferior com cerca de 174 metros. A empresa escolhida para edificar a envergadura foi companhia belga Societé Willebroek, com um projeto de Téophile Seyrig, que há havia trabalhado na cidade no projeto da Ponte Maria Pia, em 1877. Ao todo, a sua estrutura pesa 3045 toneladas. 

Foi apenas em 1886 que foi oficialmente inaugurado o tabuleiro superior da ponte. Assim, era substituída a antiga Ponte Pênsil que já não dava resposta ao forte aumento de circulação rodoviária que se registou. Já o tabuleiro inferior, foi inaugurado em 1887.


Para além da História… a Lenda

Reza a lenda que, contudo, o verdadeiro nome desta estrutura é Ponte Luiz I (e não Dom Luís I). Segundo histórias contadas de geração em geração, o rei não esteve presente na inauguração desta ponte, pelo que o orgulhoso povo portuense se recusou a colocar o “Dom” no seu nome, como vingança pela suposta falta de respeito. Na verdade, as gentes da cidade do Porto, maioritariamente burguesas por vocação e nascimento, nunca foram muito adeptas de nobrezas e títulos nobiliárquicos, facto que pode ter ajudado a expandir este mito.

De qualquer forma, a encimar esta ponte, a placa anuncia a entrada na ponte “Luiz I”. No entanto, se perguntar o nome da ponte a qualquer portuense, dir-lhe-ão, sem qualquer hesitação, que está perante a ponte “D. Luís”. Por esta razão, e com histórias e lendas à parte, o certo é que o título de “Dom” foi dado pelo povo (e não tirado à força), que bem demonstra o carinho que o povo tinha pelo rei.    


A Ponte D. Luís I hoje em dia

Localizada em plena zona histórica da cidade do Porto, e pela sua beleza e imponência, a Ponte D. Luís I continua a reunir a aclamação e surpresa de todos os turistas, nacionais ou internacionais. Atualmente, o trânsito rodoviário faz-se somente pelo tabuleiro inferior, sendo o tabuleiro superior para exclusiva utilização do Metro do Porto. A vista, de qualquer um dos tabuleiros, é soberba e vale bem as milhares de fotografias que dali são tiradas todos os meses.

Outra peculiaridade desta ponte é que ali se juntam turistas de toda a parte do mundo para ver os famosos saltos que a “rapaziada” portuense faz. Rapazes e raparigas, moços ou moças, juntam-se nas tardes quentes nesta ponte e, por apenas 1€ de cada turista, fazem acrobáticos saltos para o Rio Douro a partir do tabuleiro inferior. Hoje em dia, já ninguém estranha vê-los agarrados aos ferros da ponte, à espera do solto. Apesar dos turistas ficarem ansiosos (a altura entre o tabuleiro e a água do rio é enorme), estes adolescentes fazem o salto sem pressa, para gozo próprio do momento.


Cruzeiro das Pontes no Douro

Num Cruzeiro pelas Pontes do Douro, é possível apreciar a ponte D. Luís I e toda a sua espetacularidade. Num passeio de barco de 50 minutos pelas margens do Porto e Vila Nova de Gaia, não só conhece mais de perto as pontes que cruzam este maravilhoso rio, como admirará a cidade da melhor perspetiva possível! 

Helena Azevedo

Helena Azevedo

Email
Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao visitar o site está a consentir a sua utilização.
Conheça as nossas Políticas de Privacidade e Cookies aqui