Blog

A Tradição de São Martinho e o Magusto num Cruzeiro

voltar

Descubra as principais curiosidades acerca da tradição de São Martinho e as nossas dicas para um excelente Magusto!

Marta Afonso

Marta Afonso

Email

Já diz o velho ditado: “no dia de São Martinho, pão, castanhas e vinho!” Assim, a tradição manda que se façam magustos em todo o lado. E, como não podia deixar de ser, o Douro também de alia a esta tradição portuguesa e realizamos o magusto a bordo, rodeado das belas paisagens durienses.

Hoje contamos-lhe a lenda do São Martinho e mais curiosidades acerca desta data tão especial em Portugal. No final, damos-lhe uma excelente dica de programa, onde não vão faltam as maravilhosas castanhas assadas e a caraterística jeropiga!

 

A Lenda de São Martinho

É no dia 11 de novembro, data em que foi sepultado em Tours, que se comemora o dia de São Martinho. Este santo que na infância teve uma educação pagã, converteu-se ao Cristianismo e só mais tarde (após ter abandonado o exército) terá sido batizado. São-lhe associadas caraterísticas como bom pregador, miraculoso, compadecente com ricos e pobres.

Conta a lenda que, num dia muito frio e invernoso, Martinho seguia montado a cavalo. No seu caminho, encontrou um mendigo e, vendo o pedinte tremer de frio e sem nada para lhe dar, pegou na sua espada e cortou o seu manto ao meio. Mais à frente encontrou outro mendigo, a quem deu a outra metade da capa. Apesar de não ter nada a protege-lo do frio, Martinho continuou viagem. Foi nesse momento que as nuvens negras se dissiparam e o sol surgiu. Este bom tempo ter-se-á prolongado durante três dias.

A lenda termina com a aparição de Cristo a Martinho num sonho. Usando o manto do mendigo, voltou-se para a multidão de anjos que o acompanhavam e disse em voz alta: “Martinho, ainda catecúmeno (que não foi batizado), cobriu-me com a sua veste”.

Assim, acredita-se que, mesmo hoje em dia, em plena estação outonal, o tempo melhora e o sol aparece na véspera e no dia das comemorações. Esta crença é conhecida como “verão de São Martinho”.

 

As comemorações de São Martinho

Histórias e lendas à parte, certo é que a comemoração do São Martinho se enraizou na sociedade e já não é associada a um evento cristão. Este dia é festejado um pouco por toda a Europa, mas as celebrações variam de país para país.

Em Portugal, a tradição é fazer-se um grande magusto, beber-se água-pé (bebida alcoólica tipicamente portuguesa, com baixo teor de álcool, resultante da adição de água ao bagaço de uva e aguardente) e jeropiga. Esta é, igualmente, uma altura em que se prova o novo vinho, fazendo jus ao ditado “no dia de São Martinho, vai à adega e prova o vinho”.

Para além disso, num bom magusto português, a castanha ocupa um lugar de destaque. E tal não é de estranhar: numa época do ano marcada pela colheita deste fruto seco, tão caraterístico e abundante no nosso país, é natural que ela seja convidada a fazer parte da festa. 
 

Festeje o São Martinho a bordo de um Cruzeiro no Douro

Há quanto tempo não participa num magusto? Connosco, a tradição ainda é o que era e vai poder fazer parte desta festa.

Embarque num belíssimo Cruzeiro Especial de São Martinho, com partida do Porto ao início da tarde. Iremos navegar pelas águas do Douro até à icónica Barragem de Crestuma-Lever. Pelo percurso, comemoraremos o Dia de São Martinho, com um verdadeiro magusto a bordo, onde não vai faltar tudo aquilo que a tradição manda: boas castanhas assadas, caldo verde, broa, jeropiga e vinho.

Venha comemorar este dia connosco e participe na festa de São Martinho! 

Marta Afonso

Marta Afonso

Email
Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao visitar o site está a consentir a sua utilização.
Conheça as nossas Políticas de Privacidade e Cookies aqui